COMUNIDADE DE DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA AUSTRAL (SADC) logo

16. Oficial de Formação e Escala - Categoria 6

COMUNIDADE DE DESENVOLVIMENTO DA ÁFRICA AUSTRAL (SADC) - Gaborone (Botswana), todas as provincias

Fechado

Contrato

Tipo contrato
A definir
Oferta aberta até
26/07/2019

Descrição

Cargo
16. Oficial de Formação e Escala - Categoria 6
Número de vagas
1
Descrição da função

Planificação, Programação e Implementação Estratégica
• Desenvolver e preencher a escala da componente civil em estado de alerta para Operações de Apoio à Paz da Força em Estado de Alerta da SADC;
• Em colaboração com a RPTC da SADC e os Estados Membros da SADC, identificar na região da SADC agentes de manutenção da paz civis que sejam formados;
• Recrutar e seleccionar candidatos para a escala da componente civil em estado de alerta em parceria com o Departamento de Recursos Humanos do Secretariado da SADC;
• Manter contacto com os candidatos que constam da escala, a fim de assegurar a sua disponibilidade sempre que necessário, assim como facilitar a colaboração com outras unidades do Órgão, tais como Política e Diplomacia na partilha de experiência sobre a escala no apoio a intervenções eleitorais / políticas quando necessário;
• Gerir a escala da componente civil da SADC através do sistema de TI que conecta a escala da componente civil da Capacidade Africana de Estado de Alerta (ASC) com o Departamento de Operações de Apoio à Paz (PSOD) da União Africana (Sede da Força Africana em Estado de Alerta)
• Assegurar a disponibilidade e prontidão dos candidatos que constam da escala para o seu destacamento em Operações de Apoio à Paz da SADC, UA e/ou Missões da ONU;
• Organizar, quando possível, o destacamento dos candidatos na escala em missões de Operações de Apoio à Paz (PSO) visando melhorar os níveis de experiência e competências
• Apoiar a rotação de pessoal civil em missões mandatadas pela SADC quando necessário;
• Facilitar a saída da escala de candidatos que não desejem mais constar da mesma;
• Desenvolver um plano contínuo de formação e pratica para os candidatos que contam da escala para garantir o nível apropriado de prontidão
• Estabelecer uma ligação regular com os Pontos Focais dos Órgãos relevantes para assegurar o desenvolvimento e implantação da lista e aleatoriamente realizar inspecções entre os Estados-Membros da SADC para assegurar o estado de prontidão dos candidatos;
• Estabelecer ligação com o RPTC, o Estado-Membro e o PSOD da UA com vista a facilitar a formação de candidatos civis e para assegurar que os padrões mínimos de formação sejam cumpridos em todos os momentos;
• Trabalhar em estreita colaboração com a Direcção de Recursos Humanos para assegurar que todas as políticas, regras, regulamentos e procedimentos de recursos humanos relevantes da SADC sejam respeitados em todos os momentos e também servir como um Secretário para o Grupo de Trabalho de Recrutamento no Secretariado da SADC;
• Participar na planificação de exercícios e operações da Força em Estado de Alerta da SADC;
• Trabalhar em conjunto com o Responsável pelo Planeamento e Apoio à Missão, para fornecer apoio ao desenvolvimento da componente civil da Força em Estado de Alerta da SADC e a componente civil das Operações de Apoio à Paz mandatadas pela SADC, conforme necessário e / ou orientação,
• Gerir a Unidade de Formação e Escala da Componente de Planeamento da FEA da SADC; e

• Reportar e prestar contas perante o Chefe do Componente Civil (HCC) em todas as áreas de responsabilidade

Prestação de Serviços de Apoio às Comissões Técnicas e de Política, Reuniões e Workshops Relevantes:
• Coordenar, juntamente com o RPTC da SADC e o PSOD da UA, a formação dos candidatos da escala;
• Realizar actividades de conscientização para garantir que todas as partes interessadas relevantes conheçam a escala, seus processos e requisitos, a fim de permitir o recrutamento e a inclusão de novos candidatos, para que o nível do número aprovado de candidatos da componente civil na escala seja mantido;
• Representar regularmente a SADC nas reuniões, seminários, conferências e workshops de especialistas em Escalas da componente civil da Força Africana em Estado de Alerta;
• Fazer regularmente apresentações à SADC e Força Africana em Estado de Alerta sobre o assunto da escala da componente civil na região da SADC.

Liderança
• Desenvolver, actualizar e implementar, políticas, estratégias, processos, sistemas e procedimentos para o cumprimento efectivo dos objectivos da Unidade;
• Participar na formulação e desenvolvimento da estratégia organizacional do Secretariado;
• Participar na elaboração de planos e orçamentos a curto e a longo prazos para a unidade, monitorizar o progresso, assegurar aderência e avaliar o desempenho numa base regular;
• Concretizar a missão, as metas e os objectivos da Unidade e apresentar relatórios de balanço ao Chefe da Componente Civil e/ou Chefe do Estado-Maior; e
• Pesquisar e adoptar as melhores práticas nas áreas de trabalho e manter um alto nível de conhecimento para efectivamente realizar as funções aliadas a esta função

Gerir o pessoal da Unidade:
• Assegurar o cumprimento e a conformidade da equipa com todos os valores, políticas, normas e requisitos estatutários relevantes do Secretariado;
• Trabalhar no sentido de desenvolver uma cultura de trabalho e de equipe positiva e atraente;
• Manter um clima que atraia, retenha e motive o pessoal de alta qualidade; e
• Realizar quaisquer outras funções delegadas pelo Chefe da Componente Civil ou Chefe do Estado-Maior

Remuneração

O Secretariado da SADC oferece um pacote salarial competitivo para todos os postos, conforme a seguir se indica:

Categoria Pacote Médio Anual:

Categoria 4 81.650 USD

Categoria 5 77 090 USD
Categoria 6 72.527 USD

Duração do Contrato
Todos os quadros recrutados para o preenchimento dos postos acima enumerados beneficiarão de contratos a prazo fixo de quatro anos, renováveis uma única vez por igual período, sujeita a desempenho satisfatório, limite de idade e necessidade de manutenção do posto.

Elegibilidade

As vagas estão abertas a candidatos que preencham os seguintes requisitos:

• Tenham idade igual ou inferior a 50 anos. Este requisito decorre da necessidade de recrutar pessoal que poderá permanecer na Organização por um período razoável de tempo antes de atingir o limite máximo de idade definido de 60 anos para os funcionários da SADC.

Prazo e Modo de Apresentação de Candidaturas

As candidaturas, só para angolanos, devem ser submetidas através de esta mesma página web Jobartis, o mais tardar, até ao dia 17 de Julho de 2019.

Caso seja pré-seleccionado, será solicitado para completar as candidaturas com os seguintes elementos:

a) Carta de cobertura indicando o posto para o qual candidato pretende concorrer e descrevendo a relevância das suas habilitações académicas, da sua experiência e das suas competências para o posto;
b) Curriculum vitae actualizado de cinco (5) páginas no máximo;
c) Cópia(s) autenticada(s) do(s) Diploma(s) e Certificado(s);
d) Ficha de candidatura da SADC devidamente preenchida e assinada.

Caso seja pré-seleccionado, no dia da entrevista, o candidato deverá apresentar os documentos comprovativos das habilitações académicas e profissionais indicadas no processo da sua candidatura.

Perspectiva de Género

A SADC é um empregador que favorece a igualdade de oportunidades e encoraja, de modo particular, candidaturas de mulheres.

Se for uma pessoa orientada para o alcance de resultados, tiver paixão pela transformação e pelo desenvolvimento da África Austral e tiver as competências necessárias para fazer face aos desafios inerentes a este posto, não hesite em candidatar-se.

Serão contactados apenas os candidatos que satisfazem os requisitos do Secretariado da SADC e que tenham sido apurados para a entrevista. Caso não receba uma resposta do Secretariado da SADC dentro de dois meses após a data de encerramento, queira considerar que a sua candidatura não foi pré-seleccionada.

Para mais Informações, se necessário, podem contactar o Ponto de Contacto Nacional da SADC ou no site www.sadc.int.

Requisitos

Titulação mínima
Bacharelato
Experiência exigida
5 Anos
Nacionalidade
Angola
Línguas
Português, Inglês, Francês
Competências
Não definido
Aptidões necessárias
  • Mínimo de grau de Bacharelato em Tecnologia da Informação, Administração, Economia, Ciências Sociais, Desenvolvimento Social, Relações Internacionais, Administração ou disciplina relacionada
  • Pelo menos um curso em Operações de Apoio à Paz (preferencialmente, mas não exclusivamente, fornecido pelo Centro Regional de Formação em Manutenção da Paz da SADC)
  • Conhecimento prático em Operações de Apoio à Paz, Planeamento, Financiamento, Gestão da Armazéns, contratação pública ou gestão; e Competência no uso de computadores e de softwares informáticos relevantes para o cargo
  • Pelo menos cinco anos (5) em áreas relevantes; e Experiência e exercícios em missões de Operações de Apoio à Paz será uma vantagem • Capacidade de comunicação e de fazer presentações • Ser proactivo com capacidade de trabalhar com supervisão mínima, além de ter a capacidade de trabalhar em equipa • Excelentes habilidades de redacção de relatórios • Fluente na fala e escrita de Inglês, Francês e Português
    • Conhecimento avançada em informática e capacidade de trabalhar em um ambiente de ritmo acelerado • Disponibilidade para trabalhar por longas horas e sob condições estressantes • Disponibilidade para trabalhar em um ambiente multidimensional • Aptidões interpessoais • Capacidade de liderança • Capacidade de criar redes e relacionamentos • Capacidade organizativa (planificação, elaboração de orçamentos, gestão do tempo) • Capacidade de fazer pesquisa, analítica e de resolução de problemas • Capacidade de criação de espírito de equipa

• Ter capacidade de aplicar estilos/métodos interpessoais para desenvolver, motivar e habilitar o pessoal para a consecução dos objectivos
• Ter capacidade de manter a qualidade e cumprir prazos mesmo trabalhando sob pressão
• Ter capacidade de motivar e influenciar positivamente as pessoas, e criar um clima onde as pessoas querem fazer o seu melhor
• Possuir um pensamento conceptual e prático
• Ser focado no cliente
• Ser determinado
• Ter consciência organizacional, com um grau de entendimento sobre como motivar a organização para pôr as coisas em prática
• Manter a confidencialidade e respeitar situações sensíveis
• Metódico e organizado e capaz de olhar para uma imagem grande sem perder a atenção aos detalhes
• Ser politicamente esclarecido, ou seja, ter capacidade de reconhecer as políticas internas e externas que afectam o trabalho do Secretariado e agir em conformidade
• Ser dotado de um alto grau de profissionalismo e observar a boa ética profissional
• Ter capacidade de questionar as abordagens convencionais e incentivar a adopção de novas ideias e inovações para propiciar o progresso
• Ser resiliente e possuir motivação pessoal, auto-motivação
• Ser orientado para os resultados e o bom desempenho
• Ser visionário, pensar e agir estrategicamente

Empregador

Sobre a nossa empresa

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) é uma comunidade económica regional criada e gerida pelos países da África Austral. Tem como objectivo promover a cooperação nas áreas económica, social, política e da segurança entre os respectivos Estados-Membros, assim como incentivar a integração regional com vista ao alcance da paz, estabilidade e produzir riqueza. A SADC conta actualmente com quinze Estados-Membros , com uma população de, aproximadamente, 327 milhões de habitantes e um PIB combinado de USD 600 mil milhões (2016).

O Secretariado pretende recrutar quadros qualificados para o preenchimento de várias vagas e reforçar a sua capacidade de execução do seu mandato. Para o efeito, o Secretariado convida os cidadãos da SADC detentores das qualificações e da experiência necessárias a candidatarem-se aos seguintes postos à disposição na sua Sede, em Gaborone, no Botswana.

Não encontrou vagas do seu interesse?

Registe-se para ser informado quando tivermos vagas adequadas ao seu perfil.
Já tem uma conta? Iniciar sessão aqui